Como fica o sexo após o divórcio?

Há poucos dias recebi um convite para participar desse site. Logo de cara achei muito interessante a ideia de podermos conversar um pouco mais sobre nossa sexualidade, principalmente em um momento tão difícil na vida. Um processo de separação é sempre muito doloroso, afinal de contas ninguém ou pelo menos quase ninguém se casa para separar.

Essa nova fase da vida é um momento delicado, onde entraremos em contato com varias situações novas ou então velhas, mas não resolvidas em nossa cabeça.

A sexualidade faz parte de nossa vida desde o momento de nossa concepção, até o final de nossa vida, mas nós mulheres muitas vezes aprendemos a ignorar isso em nossa vida. Muitas vezes escutamos de nossas mães “feche as pernas”, “tire a mão daí”, “que coisa feia para uma mocinha”, e vamos com isso ignorando os nossos genitais, e com isso, a nossa sexualidade.

Mas a gente cresce e quando menos vê, está namorando,está casando, está começando uma vida sexual, muitas vezes sem a menor ideia do que está acontecendo, ou de como se “portar” nesta situação.

Essa falta de conhecimento, de liberdade para conversas, para perguntas, muitas vezes terminam dificultando esse relacionamento. Não quero dizer aqui que essa falta de conhecimento seria apenas da mulher. A maioria dos homens sabe como chegar ao prazer, mas não como ajudar sua parceira a chegar.

Então, após esse processo de separação, precisamos parar um pouco e prestar atenção em nós, em nosso corpo. Rever situações que passamos e tentar reorganizar nossas emoções e desejos.

Não se preocupe se neste momento, o seu desejo sexual estiver sumido….. ele está aí, dentro de você, só está precisando de um tempo, de uma atenção especial para desabrochar novamente.

Não se sinta culpada se o seu desejo está presente…. aprenda a escutar seu corpo, a se respeitar.

Ao longo de nossas conversas vamos falar de maneiras para ajudar nesse processo de auto conhecimento. Envie suas perguntas, suas opiniões para que possamos abordá-las em nosso próximo encontro.

Um abraço, Sandra.

Se você tem interesse em receber dicas sobre relacionamentos, envie a mensagem “Quero entrar na lista VIP” para o número de WhatsApp (62) 98100-7879

Talvez você goste também

4 Comentários

  • Responder
    Gleuciele
    11 de fevereiro de 2016 at 16:43

    Eu e meu marido estamos nos separando e breve ele entrará com o divórcio. Essa situação tem me entristecido pq o amo, mas da parte dele não tem mais amor. Ele desistiu de tentar varias vezes. Mas ainda temos química e muitas vezes tenho evitado o sexo para nao servir para ele apenas como objeto, há momentos que me entrego por amor, mas no dia seguinte ele insiste no divórcio. Isso tem me machucado… Já tentei de varias formas, fantasias, emagreci 15kg e hoje ele me procura só pra sexo, mas amor que é o mais importante da parte dele não tem!
    Temos um filho de quase dois anos no meio disso tudo! Ainda tenho esperança que ele desista desse divórcio se não vou ser obrigada a exigir os meus direitos!!!

    • Foto de perfil de Valéria Ruiz — Empresária
      Responder
      Valéria Ruiz — Empresária
      8 de outubro de 2016 at 18:44

      Olá Gleuciele !
      Obrigada por compartilhar sua história.
      Realmente este momento que está passando é muito difícil.
      Tente centrar em você, pense o que possa fazer independente dele ,que faça sentido pra vc.
      Você não está sozinha!
      Conte sempre comigo.
      Super beijo.

  • Responder
    Alessandra Oliveira Batista da Silva
    9 de novembro de 2017 at 18:44

    Passei pela mesma situação, quando falei que assim não queria, ele se infureceu.
    Começou a me humilhar e estamos num divórcio litigioso.
    Eu não queria que tivesse acabado assim, mas foram 21 anos.
    Eu fazia amor e ele só transava comigo.

    • Foto de perfil de
      Responder
      Bem Separadas
      10 de novembro de 2017 at 06:40

      Olá Alessandra!
      Obrigada por compartilhar sua história.
      É uma situação delicada.
      Mas lembre-se de que o mais importante é você!
      Tenha foco em você mesma e procure se sentir bem.
      Você não está sozinha!
      Conte com o Bem Separadas sempre!

    Responder